Policiais sofrem tentativa de homicídio durante ocorrência em Lajinha

Dois Policiais Militares lotados no Pelotão de Lajinha sofreram tentativa de homicídio após o atendimento de uma ocorrência envolvendo um casal, residente no Bairro Santa Terezinha, em Lajinha.

Através da Sala de Operações, a viatura foi empenhada para o local, onde havia um casal discutindo. A mulher de 23 anos contou que estava em companhia do amásio e no decorrer da discussão ele passou a agredi-la com socos e chutes. Não satisfeito com a situação, o agressor de 16 anos pegou na gaveta uma faca de cozinha e desferiu golpes no antebraço da vítima. Para defender das agressões, tentou segurar o adolescente e deu uma mordida em sua orelha.

Assim que deixou a residência, o rapaz passou a arremessar fogão, sofá, botija de gás e um televisor. Ao chegar no local, os policiais militares depararam com o jovem agressivo, sinais de haver ingerido bebida alcoólica. Devido a agressividade e para segurança, o jovem foi algemado e encaminhado ao Quartel.

Enquanto os policiais realizavam diligência a procura de um parente para acompanhar a ocorrência, a Sala de Operações informou que o adolescente havia fugido das dependências do Quartel/PM.

Adolescente volta e atira contra militares

Os policiais, ao retornarem para o Quartel foram surpreendidos pelo adolescente, que estava numa caminhonete L200, cor preta. Ao aproximar da viatura efetuou disparo contra os militares, que se jogaram ao solo.

Na fuga, a caminhonete colidiu contra um Gol, que trafegava pela Avenida Dr. Rubens. Ultrapassagens perigosas, manobras arriscadas foram praticadas durante o trajeto até chegar na MG 108, que dá acesso a Mutum. A polícia acompanhou a fuga à distância, como medida de segurança, visto que o adolescente efetuou tiros ainda no perímetro urbano.

Durante uma manobra na estrada vicinal, no Córrego do Carvalho, o motorista perdeu o controle e desceu numa ribanceira, ficando agarrado na vegetação. Mesmo assim continuou atirando contra os policiais militares até acabar as munições. Somente após perceber que estava sem chance para continuar em fuga, o infrator se entregou e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia, acompanhado por representantes legais e o Conselho Tutelar.

 

 

 

FONTE: Portal Manhuaçu

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*