Incêndio no Parque do Caparaó é controlado. Cerca de 68 hectares foram consumidos pelo fogo

Durante a tarde de sábado, 14/09, o incêndio na área do Parque Nacional do Caparaó foi extinto totalmente. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, uma extensão de cerca de 68 hectares foi consumida pelo fogo desde a sexta-feira, 13.

Uma operação com ação do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu, IcmBio, Brigadistas Voluntários, Polícia de Meio Ambiente e Prefeitura de Alto Caparaó foi mobilizada na sexta-feira.

De acordo com o Tenente Flávio Mota, comandante da Companhia do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu, a ação foi planejada com a participação de vários órgãos para ganhar mais efetividade. O resultado foi o controle do fogo.

No total, cerca de 70 pessoas participaram das ações, além de um helicóptero da Polícia Militar e diversos veículos.

MADRUGADA

Segundo o oficial, uma equipe composta por brigadistas e bombeiros deslocou-se às 3 horas da madrugada para combater as chamas próximo ao leito do rio. “O local foi considerado pela equipe de planejamento como prioritário para defender, haja vista o dano potencial ao meio ambiente caso o fogo passasse para o outro lado do rio. A ação foi completamente bem sucedida, tendo os combatentes conseguido conter as chamas”.

Logo pela manhã, fatores climáticos favoráveis, como a alta umidade e baixa temperatura, colaboraram significativamente para diminuir a intensidade das chamas, permitindo maior efetividade na extinção dos focos.

Outro grupo composto por mais 15 pessoas auxiliou o grupo inicial, eliminando grande parte dos focos principais do incêndio.

MURIQUIS

A segunda área de maior interesse na proteção contra as chamas, que abriga grande quantidade de macacos muriquis, também foi defendida com sucesso. “A aeronave da Polícia Militar, oriunda da cidade de Governador Valadares, transportou bombeiros militares e brigadistas para pontos estratégicos, de forma a possibilitar o combate direto as chamas. Por volta de 13:00 horas, alguns locais apresentaram reignição do fogo, sendo necessário realizar sobrevoos de reconhecimento em toda área para emprego de combatentes em locais pontuais. Brigadistas e bombeiros militares de minas gerais continuaram o combate auxiliado pela aeronave que realizava ação direta com água nas chamas com o bambi bucket (balde de helicoptero)”, detalha o Tenente Flávio Mota.

Ao final da tarde foi realizado um sobrevoo para verificar a efetividade das ações, sendo constatado a extinção dos focos de incêndio. O monitoramento continuou no domingo com novos sobrevoos na área.

 

 

FONTE: Lovantino News

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*