Enchente mata duas crianças e idosa em Alto Jequitibá

Uma moradora de 106 anos e duas crianças morreram soterradas em Alto Jequitibá. As chuvas dos últimos dias deixaram um saldo de destruição em toda a cidade, onde o rio Jequitibá tomou ruas, casas e comércios, mas também na zona rural com quedas de barreiras e alagamentos.

Na madrugada de sábado, 25/01, a Polícia Militar foi acionada até o pronto socorro. Dona Dinorá Rosalina da Silva, 107 anos, foi socorrida por familiares e moradores do Povoado de Luanda. A casa dela foi soterrada devido a um deslizamento de terra.

O marido dela também estava em casa, mas não sofreu ferimentos. A mulher, apesar dos esforços, chegou ao local sem vida.

CRIANÇAS

Duas crianças morreram quando a casa delas foi carregada por um deslizamento.

De acordo com o vereador Sandro Cowboy, as crianças viviam na zona rural da cidade. A casa onde elas moravam foi engolida pelas águas do Córrego Indaiassu.

O corpo da caçulinha, Isadora Fagundes Salim, de 1 ano, foi encontrado somente na manhã deste sábado, enquanto o do irmão dela, Eduardo Fagundes Salim, 7 anos, foi achado ainda na madrugada.

O mais velho João Vitor Fagundes Salim, 12 anos, foi socorrido com vida, transferido para Manhuaçu e, neste domingo, com o auxílio de um helicóptero, foi encaminhado para Belo Horizonte.

O rio Jequitibá que corta a cidade deixou as casas submersas durante a madrugada. A situação na noite deste sábado, contudo, já estava normalizada, apesar do alto nível da água do manancial.

 

 

FONTE: Portal Caparaó

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*