Quinze mortes e cinco pessoas desaparecidas por causa das chuvas em nossa região

Em novo boletim divulgado na noite deste domingo (26), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) informou que o número de mortes pelas chuvas de quinta e sexta-feira em Minas Gerais pulou de 37 para 44. Outras 19 pessoas continuam desaparecidas. Na região, 15 mortes foram confirmadas e há cinco desaparecidos que podem ter sido soterrados.

No interior, os óbitos estão concentrados em 10 municípios da Zona da Mata mineira: Alto Caparaó (três), Alto Jequitibá (três), Carangola, Divino, Luisburgo (duas), Manhuaçu, Pedra Bonita (duas), Santa Margarida, Tocantins e Simonésia (três).

Ainda de acordo com o balanço da Defesa Civil estadual, 17.241 pessoas estão fora de suas casas em Minas: 13.887 desalojadas (6.767 na Grande BH e 7.120 no interior) e 3.354 desabrigadas (850 na RMBH e 2.504 no interior).

Além disso, 12 pessoas ficaram feridas no estado – seis na Grande BH e outros seis no interior.

CONFIRA OS NÚMEROS NA REGIÃO:

VÍTIMAS FATAIS

Em Alto Caparaó foram 03 mortes, as vítimas foram arrastadas pelas águas.

Em Alto Jequitibá foram 03 mortes, uma soterrada e duas arrastadas pelas águas.

Em Luisburgo foram 02 mortes, vítimas de soterramento.

Em Simonésia foram 03 mortes, vítimas de soterramento.

Em Pedra Bonita foram 02 mortes, vítimas de soterramento.

Em Santa Margarida, foi 01 morte, vítima de soterramento.

Em Manhuaçu, foi 01 morte, vítima de afogamento.

PESSOAS DESAPARECIDAS

Em Alto Caparaó, 01 pessoa que teria sido arrastada pelas águas.

Em Pedra Bonita, 01 pessoa teria sido soterrada.

Em Luisburgo, 03 pessoas teriam sido soterradas.

 

 

 

FONTE: Carlos Henrique Cruz

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*