Preso em Mutum empresário que comprou carro furtado da Câmara de Ipanema

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu na tarde do dia 01/10, em Mutum, mandado de prisão preventiva contra um empresário apontado como suspeito de ter adquirido um veículo, que foi furtado da Câmara Municipal de Ipanema. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz da 2ª Vara da Comarca de Ipanema após representação da Polícia Civil.

O crime ocorreu em 30 de agosto de 2019, quando um criminoso entrou na garagem da Câmara de Ipanema e furtou o veículo. A investigação da Polícia Civil identificou o principal suspeito de cometer o furto, o então vereador de Ipanema A.J.S., de 45 anos.

As investigações prosseguiram e, o então vereador acabou preso preventivamente no âmbito da Operação Via Láctea (que investigou roubo de carga), quando ele prestou novas declarações que possibilitaram identificar o receptador do veículo.

Foi expedido também um novo mandado de prisão preventiva contra o ex-vereador. O empresário A.T.P., de 36 anos, preso ontem em Mutum, tem um comércio de peças de veículos e atualmente é investigado por diversos crimes envolvendo roubo, receptação e adulteração de veículos automotores na Comarca de Lajinha e adjacências.

 

 

FONTE: Portal Caparaó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *